terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Convivendo com a dúvida.

Um dos maiores dilemas da vida de cada um, é a dúvida. Quem nunca quis poder ler a mentedos outros? Saber exatamente o que cada um pensa de você? É realmente uma fantasia bastante adotada nos momentos de dúvida. A dúvida é que muitas vezes nos impede de tentar algo novo, de fazer uma pergunta simples e até de tomarmos decisões corriqueiras. Mas não tem outro jeito, somente enfrentando-a é que teremos a resposta que queremos.
O grande problema da dúvida não é a existência dela, o problema somos nós que aumentamos ela, imaginando os resultados ao invés desimplesmente descobri-los. Dizem que é certo pensarmos duas vezes antes de qualquer decisão, será mesmo?! Eu me pergunto isso sempre – e aí já é mais uma dúvida – Devemos pensar duas vezes antes de fazer exatamente o quê? De dizer algo que pode mudar nossa vida? – ou nãodizer para alguns. Malditas dúvidas!
Mas a dúvida também é o grande combustível da aventura, sem ela qual seria a graça de tudo? Qual seria a graça de dizer para alguém que você a ama se você já soube-se a resposta, sem a emoção de superar aquele friozinho na barriga? – Claro que é uma chance de você ser rejeitado e se sentir mal com isso, mas ninguém nesse mundo teve só erros ou só acertos. E não são os acertos que nos tornam interessantes? – E aí já são mais duas dúvidas.
Uma coisa eu posso tirar dessas questões: uma pessoa que enfrentou suas dúvidas, que foi tiraras provas à fogo, ao invés de simplesmente esperar e se perguntar por possibilidades, essa pessoa, terá muito mais histórias, tristes ou felizes para contar, do que a que ficou raciocinando. A dúvida é o dom que recebemos da racionalidade para usarmos em momentos de dilemas, mas quando ela começa a ser um obstáculo, ela se torna um problema. Concordam?

1 comentários:

XxNinjaDoidoXx disse...

Para começar, gostei muito da sua opinião, amanhã vou fazer um vestibular, e esse poderia ser um dos temas, do qual eu não sabia nada. Mas, agora entendo, que mesmo a dúvida sendo um mecanismo de defesa do nosso corpo, para não "quebrarmos a cara", muitas vezes precisamentos enfrenta - lá por um bem maior. Obrigado pela ajuda! :3

Convivendo com a dúvida.

Um dos maiores dilemas da vida de cada um, é a dúvida. Quem nunca quis poder ler a mentedos outros? Saber exatamente o que cada um pensa de você? É realmente uma fantasia bastante adotada nos momentos de dúvida. A dúvida é que muitas vezes nos impede de tentar algo novo, de fazer uma pergunta simples e até de tomarmos decisões corriqueiras. Mas não tem outro jeito, somente enfrentando-a é que teremos a resposta que queremos.

O grande problema da dúvida não é a existência dela, o problema somos nós que aumentamos ela, imaginando os resultados ao invés desimplesmente descobri-los. Dizem que é certo pensarmos duas vezes antes de qualquer decisão, será mesmo?! Eu me pergunto isso sempre – e aí já é mais uma dúvida – Devemos pensar duas vezes antes de fazer exatamente o quê? De dizer algo que pode mudar nossa vida? – ou nãodizer para alguns. Malditas dúvidas!
Mas a dúvida também é o grande combustível da aventura, sem ela qual seria a graça de tudo? Qual seria a graça de dizer para alguém que você a ama se você já soube-se a resposta, sem a emoção de superar aquele friozinho na barriga? – Claro que é uma chance de você ser rejeitado e se sentir mal com isso, mas ninguém nesse mundo teve só erros ou só acertos. E não são os acertos que nos tornam interessantes? – E aí já são mais duas dúvidas.
Uma coisa eu posso tirar dessas questões: uma pessoa que enfrentou suas dúvidas, que foi tiraras provas à fogo, ao invés de simplesmente esperar e se perguntar por possibilidades, essa pessoa, terá muito mais histórias, tristes ou felizes para contar, do que a que ficou raciocinando. A dúvida é o dom que recebemos da racionalidade para usarmos em momentos de dilemas, mas quando ela começa a ser um obstáculo, ela se torna um problema. Concordam?

1 comentários:

XxNinjaDoidoXx disse...

Para começar, gostei muito da sua opinião, amanhã vou fazer um vestibular, e esse poderia ser um dos temas, do qual eu não sabia nada. Mas, agora entendo, que mesmo a dúvida sendo um mecanismo de defesa do nosso corpo, para não "quebrarmos a cara", muitas vezes precisamentos enfrenta - lá por um bem maior. Obrigado pela ajuda! :3